Como podemos prevenir o câncer?

Como podemos prevenir o câncer?

Saiba mais sobre a doença e o que pode fazer para proteger sua saúde

Segunda-feira, 4 de fevereiro, foi celebrado o Dia Mundial do Câncer, instituído pela União Internacional para o Controle do Câncer (UICC) com o objetivo de informar e conscientizar sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce para o controle do câncer.

A Unihosp apoia a causa e a importância de informar sobre uma das doenças que mais mata em todo o mundo. Portanto, vamos falar sobre ela? Quanto mais você souber, melhor poderá se proteger.

O que é o câncer?
Câncer é o nome dado a um conjunto de mais de 100 doenças que têm em comum o crescimento desordenado de células, que invadem tecidos e órgãos.

Dividindo-se rapidamente, estas células tendem a ser muito agressivas e incontroláveis, determinando a formação de tumores, que podem espalhar-se para outras regiões do corpo.

Qual é a causa?
Há diversas causas externas (presentes no meio ambiente) e internas (como hormônios, condições imunológicas e mutações genéticas). Os fatores podem interagir de diversas formas, dando início ao surgimento do câncer.

Entre 80% e 90% dos casos de câncer estão associados a causas externas, como: o meio em geral (água, terra e ar), o ambiente de trabalho (indústrias químicas e afins), o ambiente de consumo (alimentos, medicamentos) e o ambiente social e cultural (estilo e hábitos de vida).

Apesar de o fator genético exercer um importante papel na formação dos tumores, são raros os casos de câncer que se devem exclusivamente a fatores hereditários, familiares e étnicos.

O envelhecimento natural do ser humano traz mudanças nas células, que as tornam mais vulneráveis ao processo cancerígeno. Isso, somado ao fato de as células das pessoas idosas terem sido expostas por mais tempo aos diferentes fatores de risco para câncer, explica, em parte, o porquê de o câncer ser mais frequente nessa fase da vida.

Como prevenir?
Prevenção primária:
o objetivo é impedir que o câncer se desenvolva. Isso inclui evitar a exposição aos fatores de risco de câncer e a adoção de um modo de vida saudável, com atividade física regular, alimentação balanceada, sono de qualidade, exposição ao sol com a proteção adequada e a exclusão de hábitos nocivos como o tabagismo e o excesso de álcool. Cuidar da saúde emocional, evitando estresse exagerado e reservando tempo para os hobbies, o lazer e as relações também é muito importante.


Prevenção secundária: o objetivo é detectar e tratar doenças pré-malignas (por exemplo, lesão causada pelo vírus HPV ou pólipos nas paredes do intestino) ou cânceres assintomáticos iniciais. Por isso, os check-ups regulares, com consultas médicas e exames de rotina são fundamentais. Não procure um médico apenas quando perceber um sintoma. Muitas vezes os sintomas aparecem quando a doença já está em estágio avançado. Procure especialistas e faça com a regularidade indicada os exames necessários para sua faixa etária e com base no seu histórico de saúde.

Dessa forma, o UICC prevê que mais de um terço dos casos de câncer pode ser evitado. Outro terço pode ser curado se for detectado precocemente e tratado adequadamente.

Bacana, né? Portanto, faça sua parte: cuide-se! E compartilhe informação, para que outras pessoas também façam o mesmo.